Teatro Solis: como é a visita guiada e assistir a uma peça nele

Uma das coisas pelas quais mais nos encantamos no Uruguai foi o acesso democrático à arte e à cultura por toda a população. Diversos museus e galerias de arte tem acesso gratuito, há exposições, shows e peças de teatro com entrada livre e a produção cultural é rica e bastante ativa.

Conhecer o Teatro Solis foi, com certeza, o ponto alto nesse quesito. Inaugurado em 1856, a casa tinha o objetivo de trazer a cultura europeia dos teatros para as bandas da jovem república oriental. A alta sociedade frequentava o espaço privado e os eventos eram naquele esquema “para ver e ser visto“. Anos mais tarde, em 1937, o Teatro foi comprado pela prefeitura da cidade e passou por reformas e transformações profundas. Hoje, é a sede da companhia Comédia Nacional e um dos principais polos de consumo e produção cultural da cidade.

Nós estivemos por lá em duas oportunidades, que contaremos a seguir.

Teatro Solis

Visita guiada ao Teatro Solis:

Mesmo quem tem pouco tempo na cidade deveria fazer esta visita. O guia leva um pequeno grupo pelas instalações do teatro, conta a história, curiosidades e, se você estiver em um tour matutino, terá a oportunidade de ver uma pequena apresentação artística. Vale muito a pena!

Teatro Solis
A visita começa pela parte externa e, depois, os grupos são divididos para acessarem o interior do teatro

Teatro Solis

Horários: Terças a quintas-feiras: 16h. Quartas, sextas, sábados e domingos: 11h, 12h e 16h. Sábado ainda tem o horário extra das 13h.

Custo por pessoa, em espanhol: S/ 40.

Custo por pessoa, em português, inglês e francês: S/ 60.

 

Espetáculo no Teatro Solis

Depois da visita, ficamos com muita vontade de assistir a um espetáculo no teatro e, para nossa sorte, há eventos em quase todos os dias. Aqui é possível acessar a programação.

Teatro Solis
A luz vermelha, no topo do teatro, é um sinal de que haverá algum evento.

Chegamos ao teatro faltando cerca de 1 hora para a peça começar, torcendo para ainda restarem ingressos. Ao chegarmos na bilheteria, o atendente disse que não estava vendendo e que deveríamos conversar com uma senhora da companhia de teatro.

Na hora “murchamos”, mas fomos procurar a tal pessoa. Para nossa surpresa, eles não estavam mais vendendo porque estavam dando CORTESIAS. Conseguimos dois ingressos na segunda fileira, totalmente de graça. Na hora não entendemos bem e pensamos que havia alguma pegadinha nisso. Mas no início de espetáculo, informaram que uma fundação criada em memória às vítimas da Ditadura Militar uruguaia estava promovendo esta ação cultural.

Assistimos uma comédia engraçadíssima, de uma qualidade artística incrível, no principal teatro do país, sem pagar nada. Ao lado de famílias que se divertiam juntas, de todas as classes sociais. Sem casacos de pele, joias caras e outras ostentações. Um programa cultural democrático que, se tivéssemos pago, nos custaria cerca de R$15 por pessoa, apenas.

Interior do Teatro Solis

 

Se tiver oportunidade e tempo, não deixe de assistir a alguma peça no teatro. Não é necessário se preocupar com trajes especiais ou coisas do tipo. 😉

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “Teatro Solis: como é a visita guiada e assistir a uma peça nele

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s