Mina de ouro da Passagem – Mariana

Mariana, a 12km de Ouro Preto, foi a primeira vila de Minas Gerais. Destacou-se como a cidade mais rica do Ciclo do Ouro e foi escolhida para ser a capital do estado. Tanta riqueza resultou em uma cidade de arquitetura suntuosa, rica não só pelo ouro, mas pelos detalhes nas construções.

Em 1720, Mariana perdeu o posto de capital da província para Vila Rica (Ouro Preto), mas logo foi “consolada”, em 1745, quando o Vaticano transformou Mariana em sede do bispado. Como era de se imaginar, essa elevação eclesiástica impulsionou a construção de obras religiosas pela região, que já era intensa por conta da extração do ouro.

Para chegar lá, pode-se ir de carro, pela BR 356 – Rodovia dos Inconfidentes, ou pela maria-fumaça da Vale, saindo de Ouro Preto. Porém, antes de acessar a parte urbana da cidade, é possível visitar uma verdadeira mina de ouro.

 

História

A Mina da Passagem começou a ser explorada em 1819 e só foi desativa em 1985. Estima-se que mais de 35 toneladas de ouro foram retiradas de lá! E, disse-nos um funcionário, ainda há ouro, mas a dificuldade em extrai-lo não compensa mais os esforços necessários. Por isso, os proprietários consideraram mais lucrativo transformá-la em ponto turístico e cobrar pelo passeio.

 

Como é visita

Ali, nós realmente nos sentimos dentro daquelas minas do imaginário popular!

Ao chegar à empresa, é necessário comprar um bilhete e seguir para uma fila. Por sorte, quando o trolley chegou, todos os carrinhos foram ocupados e tivemos que esperar o próximo. Ou seja, quando ele retornou, sentamos na primeira fileira de cadeiras, yeah! 😀

Mina da Passagem Mariana

Daí é só se espremer num carrinho de ferro que parece ter tido a última manutenção lá no início do século passado e segurar na mão de Deus haha! Exageros a parte, realmente, num primeiro momento a estrutura do carrinho assusta.

Mina da Passagem Mariana

Não há dispositivos de segurança e apenas um cabo de aço faz todo o trabalho. E são 315 metros a serem percorridos, em 120 de profundidade.

Mas ele vai a uma velocidade bem tranquila e o passeio é todo guiado. Chegando lá embaixo, um guia já espera o grupo e faz uma espécie de tour pelas cavernas, explicando os minérios que eram/ são encontrados por lá, como era feita a extração do ouro e um pouco sobre a história da mina. Bem interessante mesmo!

Interior da mina da passagem

Cavernas da Mina da Passagem

Mina da Passagem

Endereço: R. Eugênio Eduardo Rapallo, 192, 4 km, Mariana/ MG.
Horário de funcionamento: Segundas e terças das 9h às 17h, e quartas a domingos das 9h às 17h30.

Informações: http://minasdapassagem.com.br

Nossa viagem continuou para Tiradentes e contamos aqui como foi.

Anúncios

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s